domingo, 10 de agosto de 2008

PUZZLE

A vida é feita de contos e lendas, histórias e jogos. À não muito tempo, deixaram-me em mãos um enorme puzzle. Desde então que o tento montar. Todos os dias espalho peças sobre a mesa. A imagem final não me foi mostrada. Não sei por onde começar nem onde ele pode terminar. Pego peça a peça e tento conjugar todas as formas e encaixes. Tento dar forma e sentido aquilo que eu não sei o que é e que ninguém me desvenda. Um puzzle grande acho eu que seja, pois o amontoado de peças não têm fim. Tento dar um fio à meada, mas não está fácil. Enfim consigo encaixar as duas primeiras peças, encaixam tão perfeitamente como se dois corpos perfeitos se conjugassem. Tento encontrar um rumo para dar ínicio, imagino mil e uma imagens que possam ser, mas nenhuma se define dentro de mim. Perdido, olho para todas as peças e sinto como se todas elas me olhassem e me escolhessem como a próxima a arrumar neste enorme puzzle. Que desígnios lhes dar!? Desejo encontrar a imagem e o futuro que está por trás de tudo isto. O que eu desejava que fosse, apenas eu e quem me desmontou o puzzle e mo deixou nas mãos, sabe. O que será?, apenas Deus tem a resposta. Farei deste puzzle a minha vida e sou eu peça que se irá encaixar nesta enorme mesa, no qual me deito e espero por todas as outras peças certas para acabar a imagem que tenho dentro de mim. Uma certeza eu tenho, entre mim e a pessoa que me deixou este puzzle nas mãos, existe um anjo. Um anjo mulher que paira sobre um manto vermelho, e que ainda nos une. Unio-nos num ínicio, acompanhou-nos e continua a olhar por nós. Se esse anjo sabe a resposta não sei, mas que ele vive entre nós... eu sei que sim. Será essa a imagem do puzzle? Também não sei, mas mesmo que jamais ele se monte por completo, uma certeza eu tenho, gostava muito que fosses a peça que se encaixa em mim.

Sem comentários: