domingo, 7 de setembro de 2008

PEÇO AO SONHO

Dormir sobre a sombra de um sonho, transporta-me para mundos inimagináveis de realidades absolutas onde posso ser rei ou o mais pobre dos mendigos, onde amo e me deixo ser amado, onde me vivo e onde me perco. Sonho a vida que passou e o desejo do que se possa passar. As tristezas que me vivem e os sorrisos que me levam. Sonho a vida que é rara e que no dia-a-dia me ampara. Sonho as paredes que me isolam e o mundo que para mim és. Sonho o sonho que sempre foste e o sonho que trouxeste para dentro de mim. Agradeço à vida realizar-te de um sonho... peço-te ao sonho numa vida sem fim.

Sem comentários: