quarta-feira, 10 de setembro de 2008

SOL DO AMANHÃ

O sol acorda para o mundo o ver, resplandecente em toda a sua plenitude. Tímido, sem deixar que o olhemos, mas harmonioso quando nos abraça com seu calor. Dá alento ao dia e percorre o céu de uma ponta à outra como se nos observasse de todos os ângulos. Optimista distríbui boa disposição, carrega energias quando as nossas baterias começam a falhar e alimenta de vida o enorme colorido de flores. Desde pequeninos que todos sabemos quem ele é, pois quem nunca desenhou um sol com um sorriso... creio que ninguém. Nunca enganou ninguém, pois a sua luz é tão brilhante que coloca na sombra qualquer tristeza que alimente o dia. E quando se deita, sobre o manto laranja deixa um mito de saudade mas ao mesmo tempo alimenta a esperança do amanhã.

Sem comentários: