domingo, 5 de outubro de 2008

CORES

Existem cores que inundam o mundo. Que pintam o céu, que iluminam a terra, que escurecem a noite. Preenchem a tela que é a nossa vida. Pintamos cores, sobre cores, sobre cores... conforme a tela se desenrola com o passar do tempo. Temos uma paleta inteira à nossa disposição, sobre a nossa mão. Ao dispor dos nossos desejos. Está no nosso saber colocarmos as cores nos espaços certos. Sermos mais abstractos, mais naturalistas quem sabe mais cubistas... mas o que não devemos pintar é uma vida monocromática. Devemos dar uso às cores, pois elas dispõe-se para nós, assim como o azul para o céu, o verde para os campos, o vermelho para o sangue ou o ouro para o valor que existe dentro de cada um de nós, e por assim ser, valerá sempre dar cor e viver.

Sem comentários: