sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

ALTURAS

Anda por aí algo a voar,
Algo que não consigo ainda ver,
Não sei se por tenra idade ter,
Se por pouca altura me dar.
A curiosidade é mais que muita,
Minha e deste fiel companheiro,
Que apesar de a idade a ele já pesar,
Também a vida não lhe sorriu em tamanho.