terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

ESCALAR A VIDA

Quebram-se as cordas em escaladas distantes,
Que em tantas alturas itinerantes,
Percorrem paredes íngremes, que exortam,
Aqueles que audazes procuram no cume do céu,
O infinito do peso que às costas transportam,
Para no fim apenas poderem ver, o que nunca ninguém viu.

8 comentários:

Anónimo disse...

Dass....

Eu sei que já foste metaleiro.

Agora estás a tornar-te Gótico????

Já basta a crise...

Tás de luto pelo Lido??? q merda de trabalho mal feito, aquilo tava vazio por dentro...

;)

Tóne- http://www.flickr.com/photos/tonirebel/page4/

espalha brasas disse...

Já viste o link do trailer que te enviei?

Master Of The Wind disse...

Gótico? Pq Toné? Gostei das fotos. Passa pelo meu e dá uma espreitadela tb.

Espalha Brasas não me lembro de quando me mandaste o link. Mas não vi de certeza. Mandas de novo?

Anónimo disse...

Gótico, pq são sp reflexões muito dépré...

bota alguma cor nisso

tóne

Master Of The Wind disse...

lolololol... não estás habituado a este registo, Toné? Mas é assim. Desde os meus tempos de metaleiro que escrevo... e deixei de escrever sei lá pq!!! As palavras por vezes ganham o sentido que quem as lê quer dar, por isso, não as interpretes como reflexões depressivas. Pq não o são ;-)

Anónimo disse...

Hugo,
As palavras ganham o sentido que o vento lhes dá quando reflectem a luz da lua no olhar das pessoas.

Pensa nisso.

lidia

Master Of The Wind disse...

;-) Obrigado lídia. Vou pensar nisso neste preciso momento.

Anónimo disse...

Ui... que lindas palavras...