terça-feira, 10 de março de 2009

SOLTAS

É bom que sejamos fortes para o que o inesperado nos reserva,
Abrirmos nossos braços à esperança que nos alcança,
Fecharmos nosso rosto ao desgosto que nos menospreza.
Todos os caminhos foram construídos com saídas,
Umas mais distantes e profundas para quem as procura,
Outras fáceis a realidades que nosso olhar não cura.
Este poderá ser sempre o último dos primeiros que se transcende,
Para quem a riqueza vale tão pouco e da pobreza se desprende.

1 comentário:

Isa disse...

... lindo.