quinta-feira, 2 de abril de 2009

AMBIENTES

De cores pastel em ambientes gelados,
Criam-se tons serenos em sons pintados.
Ouvem-se gestos que embalam o olhar,
Para cores perdidas sem saber que pintar.
Fotografias esquecidas de rostos estáticos,
De linhas retorcidas vivas em sabores sintomáticos.
Sonhos soltos em linhas rectas perpendiculares,
Adivinham novos espaços reproduzidos,
Por criações distantes em outros lugares.

Sem comentários: