segunda-feira, 25 de maio de 2009

SEI DE...

Sei de palavras que se perderam no quente de teus lábios,
Sei de sonhos que se esvaneceram no pôr-do-sol de nosso dia,
Sei de lembranças que adormeceram no terno colo que te acolhe,
Sei de rios que desaguaram em mares de outras alegrias.
Sei de olhares que se cruzaram em céus distantes,
Sei de reflexos que se perderam em espelhos desencontrados,
Sei de histórias que se perderam em momentos errantes,
Por entre vidas quebradas em mil bocados.

5 comentários:

Isa disse...

Tu és uma pessoa muito especial.

Master Of The Wind disse...

Por isso ando no ensino especial :)

ISA disse...

PARVO!!! ;)

Anónimo disse...

e não é que resulta....

impossível...

Tóne

:)

Cléo Marçal disse...

Você escreve com muito carinho, o que faz de sua escrita uma força carismática, prendendo o olhar e o coração de quem lê.Abraços